Enem 2012: estudantes já podem acessar resultado das provas

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) liberou nesta sexta-feira, 28 de dezembro, a consulta ao resultado das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), aplicado em novembro deste ano. Cada participante pode visualizar as notas por área de conhecimento e a nota da redação, informando o CPF ou número de inscrição, e a senha usada no ato do cadastro.

Enem ou vestibular: veja como será a seleção nas principais universidades do Brasil

As provas foram realizadas em 1.615 municípios, em todo o país, por 4,1 milhões de participantes. Os gabaritos foram divulgados no dia 6 de novembro. As redações estarão disponíveis para vista pedagógica em 6 de fevereiro. Com o resultado do Enem, o estudante pode se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), adotado pela maioria das instituições de ensino superior do Brasil. Existem 129.279 vagas em 101 instituições. Também está disponível o manual "Entenda a sua nota no Enem – Guia do Participante".

Ontem, um dia antes da data estabelecida para a divulgação dos resultados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), alguns estudantes relataram terem conseguido visualizar a nota da redação. De acordo com o Inep, não houve vazamento de dados, já que as notas ficaram disponíveis propositalmente durante um teste no sistema que durou cerca de 30 minutos.

"Durante procedimento técnico de homologação das notas de redação no sistema do Enem na tarde desta quinta-feira, foi dada uma carga no sistema, o que fez com que alguns candidatos – logados com seu próprio CPF e senha – conseguissem visualizar sua própria nota da redação, em um período de meia hora. Não houve vazamento de informação", disse o Inep em nota. O assunto era abordado pelos estudantes nas redes sociais. A divulgação da nota chegou a entrar para a lista dos assuntos mais comentados no Twitter.

O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998 pelo governo federal com o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da educação básica. A partir de 2009, o teste passou a ser utilizado também como mecanismo de seleção para ingresso no ensino superior.

Neste ano, os candidatos resolveram, no dia 3 de novembro, questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Já no dia 4 de novembro, foi a vez dos testes de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, e Redação. Após a conclusão das provas sem nenhum problema, como já havia sido registrado em edições anteriores, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, comemorou o "sucesso" do exame.
Newer Posts Older Posts
© Copyright Traduzido Por: Mais Template | Designed By Code Nirvana
Back To Top