Motorista embriagado que matou criança em BH pode pegar até 20 anos de prisão


Uai: Gustavo Werneck

Está preso no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) do Bairro São Cristóvão, na Região Noroeste de Belo Horizonte, o estudante de ensino médio Lucas Alexandre Dias Polli, de 18 anos, acusado de atropelar e matar, na noite de domingo, uma menina de três anos e ferir a mãe dela, Marta Priscila Dias Camilo, de 25, residentes no Bairro Serrano, na mesma região.

Segundo a delegada de plantão do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MG), Rosângela de Souza Pereira Tulher, o jovem apresentava sinais de embriaguez e, embora tenha se recusado a soprar o bafômetro, permitiu, no Instituto Médico-Legal (IML), que fosse coletado sangue para exame toxicológico e de teor alcoólico. Não foi arbitrada fiança no momento da autuação e, segundo a delegada, Lucas poderá pegar de 6 a 20 anos de prisão.

O rapaz foi preso em flagrante e autuado por homicídio com dolo eventual (artigo 18) – segundo a delegada, quando o agente não quer o resultado, mas assume o risco da sua conduta. "Moradores informam que ele estava dirigindo em altíssima velocidade pelas ruas do bairro Serrano, onde também mora. Por causa do perigo de causar um acidente, os vizinhos chamaram a Polícia Militar", disse Rosângela. Lucas é habilitado e estava há seis meses com a licença para dirigir.

Eram 20h de domingo, quando Lucas saiu de uma festa na casa de um amigo chamado Jeferson, no Bairro Serrano. A criança e a mãe estavam na porta de casa, na Rua Izabel Alves Martins, quando o motorista dirigindo o veículo Golf, de cor prata, perdeu o controle da direção e bateu contra o muro da residência, imprensando a menina. Ela será sepultada nesta segunda-feria, no Cemitério da Paz, no Bairro Caiçara, na Região Noroeste. Priscila foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII, tendo alta na manhã de ontem. Lucas foi enquadrado na nova Lei Seca, que dobrou o valor da multa de R$ 957,70 para R$ 1.915,40 e teve a carteira de motorista apreendida.

Newer Posts Older Posts
© Copyright Traduzido Por: Mais Template | Designed By Code Nirvana
Back To Top