PM REGISTRA TRÊS HOMICÍDIOS EM VESPASIANO E SÃO JOSÉ DA LAPA.



Continua um mistério o que teria motivado o assassinato de um jovem de 24 anos com uma faca de cozinha, na madrugada desta sexta-feira (24), em São José da Lapa, na região metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime ocorreu na residência da vítima, que fica avenida Jasmim, no bairro Nova Cachoeira. Os vizinhos contaram à polícia que por volta de meia noite ouviram os cães da vítima latindo muito, mas pensaram que não seria nada.

Por volta das 5h, quando um dos moradores saía para trabalhar, ele percebeu que a porta da casa de Daniel Felipe Rodrigues da Silva estava arrombada e, ao abrir, avistou o corpo. A PM foi acionada e, ao chegar, constatou que a vítima foi morta com várias perfurações de faca e sofreu afundamento de crânio.

O chão da casa estava todo ensanguentado e uma faca de cozinha suja de sangue foi localizada no beco que dá acesso à residência. Os vizinhos ainda contaram à PM que o rapaz vivia na casa há apenas três meses.

Além disso, conforme o relato das testemunhas, Silva não se envolvia em confusões e não era usuário de drogas. Não existe nenhuma suspeita de qual seria a motivação e nem quem poderia ter cometido o homicídio. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Dois corpos

Um morador do bairro Bela Vista, em Vespasiano, também na região metropolitana, também teve uma surpresa desagradável na manhã desta sexta. Após ouvir dez estampidos na noite de quinta-feira (23), um vizinho localizou os corpos de dois jovens próximo à sua residência.

Segundo a PM, as vítimas não portavam nenhuma documentação. Os corpos foram localizados próximos um do outro, em uma mata às margens da MG-424. Nenhum morador da região conseguiu identificar quem seriam as vítimas.

Um dos corpos, conforme a PM, teria aproximadamente 17 anos, cor parda, baixa estatura, magro, cabelos crespos e pretos. Esta vítima vestia camisa listrada, bermuda escura, tênis e boné brancos. Ele foi atingido duas vezes nas costas, uma nas nádegas e outra na cintura.

Já a outra vítima era de cor parda, estatura mediana, magro, cabelos crespos e preto. Vestia uma camisa verde e amarela do Brasil, bermuda branca e um tênis cinza. Ele foi baleado duas vezes nas costas, uma na barriga e outras duas na virilha.

Ainda não existe nenhuma suspeita sobre quem seriam as vítimas e nem o que teria motivado o crime. O caso será investigado.

Fonte: O Tempo
Newer Posts Older Posts
© Copyright Traduzido Por: Mais Template | Designed By Code Nirvana
Back To Top