Aeroporto de Confins ganhará novo terminal para 2016.

O Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, terá vida nova a partir desta segunda-feira (11). A concessionária BH Airport, que venceu o leilão em novembro do ano passado, passou a assumir a administração e prometeu entregar o Terminal 2 em abril de 2016. A nova administradora prevê um investimento de cerca de R$ 1,5 bilhão para os próximos dez anos, e um aumento de 100% na capacidade de passageiros do local.

A concessionária BH Airport, formada pelas empresas Companhia de Participações em Concessões CPC, que é controlada pela CCR (75%), Zurich Airport International AG (24%) e Munich Airport International Beteiligungs GMBH (1%), vai administrar o aeroporto por 30 anos, com 51% de participação. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) tem 49%. A cerimônia que marcou o início da nova administração teve ainda a presença do ministro-chefe da Aviação Civil, Moreira Franco.

Segundo o presidente da Concessionária BH Airport, Paulo Rangel, a construção do Terminal 2, chamado de Novo Terminal, representará um aumento do número de passageiros na ordem de 100%, chegando a 20 milhões por ano. Atualmente, Confins recebe cerca de 11 milhões/ano. “Nós estamos em fase do anteprojeto, iniciaremos o projeto base e ainda o executivo. O início das obras se dará ainda neste ano. A meta [para o segundo terminal] é 30 de abril de 2016”, disse Rangel.
Este novo terminal terá 14 novas pontes de embarque, novas áreas de check-in e de desembarque. A obra do Terminal 2, que chegou a ser prevista para a Copa do Mundo deste ano, não saiu do papel, e foi substituída pelo Terminal 3, que ainda está em fase de construção pela Infraero. Ainda estão previstas como melhorias reformas nos banheiros e internet de qualidade e gratuita para os usuários, além da criação de 1.455 vagas de estacionamento. Dentre os desafios para a nova administração estão a diminuição das filas nos check-in e a redução dos preços cobrados pelas lanchonetes, considerados abusivos por muitos clientes.
Segundo o presidente da Infraero, Gustavo do Vale, a empresa ainda ficará coexistindo na administração do aeroporto por cerca de três meses, em um período considerado como transição, mas este prazo pode ser alterado. Os funcionários da Infraero também continuam trabalhando no aeroporto durante este prazo, ainda sem muita definição.
A previsão é que a Infraero entregue pronto o Terminal 3, que se encontra na fase de acabamento, de acordo com a concessionária. “O Terminal 3 vai ser aproveitado. É uma obra da Infraero, já está em fase de acabamento, prestes a ser entregue. Ele vai ser utilizado como terminal de apoio para o novo terminal que nós vamos construir”, detalhou o presidente da concessionária.
Fonte: G1
Newer Posts Older Posts
© Copyright Traduzido Por: Mais Template | Designed By Code Nirvana
Back To Top