Implosão do Viadulto Guararapes - confira.

Três segundos foi o tempo que levou para a alça norte do Viaduto Guararapes, no bairro Itapoã, Região Norte de Belo Horizonte, ir ao chão com implosão neste domingo (14). O elevado foi demolido após a alça sul cair, no dia 3 de julho, matando 2 pessoas e ferindo 23.
De acordo com a construtora Cowan, responsável pela operação, 125 quilos de dinamite foram usados, distribuídos pelos 3 pilares de sustentação. Toda a estrutura foi envolvida por uma espécie de rede de proteção, para evitar que destroços sejam projetados no entorno. As tubulações de água e gás também foram protegidas por uma camada de areia.
Moradores da região se emocionaram bastante durante a implosão. Eles disseram que sentiram uma mistura de alívio e de preocupação com os imóveis. Muitos deles choraram na hora da explosão das dinamites. Duas moradoras se sentiram mal e foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros. Uma delas é uma idosa.
Após a implosão
A construtora Cowan, responsável pela construção e demolição do viaduto, começou a limpar os escombros logo após a queda da estrutura. Máquinas estão na Avenida Pedro I, acelerando o trabalho de liberação da via, que deve ser concluído até o domingo que vem. A avenida está interditada desde o dia 3 de julho, quando a alça sul desabou.

O coronel Alexandre Lucas, da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, disse que janelas dos prédios Antares e Savana, vizinhos ao viaduto, foram quebradas com a implosão. Mas, apesar disso, nenhum dano aparente foi relatado. Equipes vistoriam imóveis no entorno da operação.
A moradora do edifício Antares Marisa Almeida, de 47 anos, disse que uma janela de seu apartamento se quebrou com a implosão. Ela contou que não teve nem tempo de chorar porque precisou ajudar algumas vizinhas que não se sentiram bem. Sobre a demolição da estrutura, ela se disse aliviada. "Eu estou um pouquinho aliviada. É um novo começo para nós. Esperamos mais respeitos", falou.
Desde a queda da alça sul, em julho, os vizinhos pedem a demolição da estrutura norte, e ainda brigam para que não haja mais viaduto na região.
Fonte: G1    -    Foto: EM
Newer Posts Older Posts
© Copyright Traduzido Por: Mais Template | Designed By Code Nirvana
Back To Top