G1 - Levy Fidelix anuncia apoio a Aécio Neves no segundo turno

O candidato derrotado do PRTB à Presidência da República, Levy Fidelix, anunciou nesta quarta-feira (15) que ele e seu partido apoiarão Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições.
Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral, Levy Fidelix ficou em sétimo lugar na disputa pelo Palácio do Planalto no primeiro turno das eleições, tendo recebido 0,43% dos votos (446.878 votos).
Levy Fidelix ganhou destaque na disputa eleitoral do primeiro turno após declarações polêmicas sobre homossexuais. Durante debate entre os presidenciáveis transmitido pela TV Record, o candidato derrotado afirmou que homossexuais são uma minoria que deve ser “enfrentada” e disse que o aumento dos casamentos entre pessoas do mesmo sexo pode reduzir o tamanho da população brasileira. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chegou a instaurar procedimento preparatório eleitoral (PPE) para apurar se houve discurso de ódio na fala de Fidelix.

Conforme nota divulgada no site do PRTB, um bloco composto por 10 partidos formalizará apoio ao tucano no próximo domingo (19) durante um evento no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo. Além do PRTB, deverão participar PHS, PSL, PTdoB, PRP, PTN, PEN, PMN, PTC e PSDC – esse último, do candidato Eymael, que também concorreu à Presidência no primeiro turno.
O PV e o PSC, que concorreram no primeiro turno ao Planalto com Eduardo Jorge e Pastor Everaldo, respectivamente, também anunciaram apoio a Aécio Neves na segunda fase das eleições.
O PSB, partido pelo qual concorreu Marina Silva, também apoiará o presidenciável do PSDB e já participa da campanha do tucano desde a semana passada. A candidata derrotada, que ficou em terceiro lugar, anunciou no último domingo (12) que votará em Aécio.

Já o PSOL, da candidata Luciana Genro, indicou aos seus militantes voto nulo, em branco ou em Dilma. O presidente nacional do PSTU e candidato do partido ao Palácio do Planalto, Zé Maria, anunciou, por meio de nota oficial, que sua legenda não apoiará nenhum candidato no segundo turno da eleição presidencial.
A Rede Sustantabilidade, grupo político de Marina Silva, entregou nesta sexta (10) a Aécio Neves as propostas defendidas para que Marina anunciasse apoio ao tucano. No sábado, Aécio divulgou carta com compromissos para a área social inspirados nas reivindicações colocadas pela Rede. Nesta segunda, no entanto, após Marina declarar apoio ao candidato, membros da Rede divulgaram manifesto no qual rejeitam o posicionamento tomado pela ex-senadora.
Fonte: G1
Newer Posts Older Posts
© Copyright Traduzido Por: Mais Template | Designed By Code Nirvana
Back To Top